Logo

E SCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE CANELAS

 

P LANO DE EMERGÊNCIA

 

 

I NTERNO

 

I NFORMAÇÃO

 

Clique aqui para descarregar o documento

 

 

 

 

Este documento define as instruções que deverão ser adoptadas para fazer face a um cenário de emergência, que ocorra no edifício sede do Agrupamento de Escolas de Canelas.

O seu cumprimento é da responsabilidade de todos os que possam utilizar as instalações da Escola Básica e Secundária de Canelas.


Descrição

O Plano de emergência da escola só tem sentido se toda a comunidade escolar estiver envolvida ativamente, isto é, se cada um souber exatamente como agir em caso de emergência.

Todos os utilizadores devem ter conhecimento:

  • Dos percursos de evacuação (indicados nas plantas de emergência e através da sinalética distribuída pela escola);
  • Das regras de evacuação, das quais se chama especial atenção para o facto de o professor dever ser o último a sair da sala prestando auxílio a qualquer aluno que precise;
  • Que o ponto de reunião se localiza no campo de jogos.
  • Que os professores devem manter a ordem no ponto de reunião e proceder à conferência dos alunos com quem estavam a trabalhar (arranjar uma estratégia para memorizar o nº de alunos presentes; por exemplo, depois da chamada, escrever num canto do quadro o nº de alunos que se encontram na sala);
  • Que devem aguardar calmamente a ordem de regresso à sala.

 

ACTUAÇÃO EM CASO DE EMERGÊNCIA

INSTRUÇÕES GERAIS/ NORMAS DE EVACUAÇÃO

 

  • O SINAL PARA EVACUAÇÃO IMEDIATA É O TOQUE DE SIRENE;
  • MANTER A CALMA;
  • Não correr, nem gritar;
  • ABANDONAR IMEDIATAMENTE O LOCAL;
  • Não perder tempo a salvar objetos ou vestuário, se isso colocar em perigo a sua vida ou de outras pessoas;
  • Sair da sala em fila indiana e passo apressado, CUMPRINDO AS INSTRUÇÕES DO RESPONSÁVEL DE SEGURANÇA (Professores, Delegado de Turma / Chefe de Fila, Coordenadores de Evacuação…);
  • Ajudar as pessoas mais desfavorecidas fisicamente (crianças, idosos, deficientes);
  • Seguir o Delegado de Turma ou outro aluno eleito como “Chefe de Fila”, evacuando a sala por filas sucessivas, a começar pelas mais próximas da saída;
  • O professor deve garantir que todos saíram, só depois pode abandonar o local, prestando auxílio a qualquer aluno que precise;
  • FECHAR AS PORTAS AO SAIR;
  • DIRIGIR-SE CALMAMENTE PARA A SAÍDA DE EMERGÊNCIA ASSINALADA NA PLANTA, de acordo com o local onde se encontra;
  • Não parar, nem obstruir as portas de saída;
  • Utilizar as escadas, NUNCA UTILIZAR O ELEVADOR;
  • NÃO VOLTAR PARA TRÁS SEM AUTORIZAÇÃO;
  • Ao atingir o exterior manter-se na zona de concentração. Não se afastar do seu grupo até ordem em contrário;

Em caso de incêndio:

  • MANTER A CALMA;
  • ACCIONAR O BOTÃO DE ALARME;
  • COMBATER O INCÊNDIO COM EXTINTORES EXISTENTES NO LOCAL, OU ABAFAR AS CHAMAS COM MANTA OU AREIA;
  • Nunca utilizar água;
  • NÃO CORRER RISCOS DESNECESSÁRIOS;
  • Manter-se entre o fogo e a porta de saída para ter sempre a possibilidade de escapar;
  • Se não conseguir extinguir o incêndio, abandonar o local e fechar as portas;

Se está num compartimento com a porta fechada:

  • Apalpar a porta antes de a abrir. Nunca abrir uma porta se ela estiver quente;
  • Se o fumo estiver a entrar por baixo da porta, deve-a manter fechada e procurar calafetá-la (vedá-la) com toalhas molhadas.
  • Abrir a janela para pedir socorro ou respirar;
  • Se não vir fumo a sair por baixo da porta e a parte superior não estiver quente, abra lentamente. Esteja preparado para a fechar de novo, rapidamente, se houver demasiado fumo ou fogo no compartimento contíguo;
  • Se houver fumo, proteger a boca com um pano húmido e respirar através dele.
  • CAMINHAR ABAIXADO PARA EVITAR FUMOS;
  • Fechar as portas quando sair. Isso demorará o avançar do fogo;

Em caso de sismo:

  • NÃO SE PRECIPITE PARA A SAÍDA;
  • MANTENHA A CALMA E NÃO GRITE;
  • MANTENHA-SE AFASTADO DE JANELAS, ESPELHOS, CANDEEIROS E MÓVEIS ALTOS;
  • Proteger-se no vão de uma porta interior, vão de escada, canto de uma sala ou debaixo de uma mesa;
  • NUNCA UTILIZAR OS ELEVADORES;
  • Dirigir-se ao ponto de encontro e manter-se lá até novas ordens;
  • Não ligar os interruptores (pode haver fugas de gás);
  • Manter-se afastado do edifício, dos postes de eletricidade ou muros, que poderão desabar;
  • Contar com a ocorrência de uma possível réplica;

Em caso de fuga de gás:

  • Não ligar os interruptores;
  • Não acender fósforos ou isqueiros.
  • Abrir portas e janelas para ventilar o local, ou respirar.
  • Proteger as vias respiratórias com um pano preferencialmente húmido;
  • Se necessário abandonar o local, de acordo com as normas de evacuação.

Atos de terrorismo e ameaças de bomba:

  • Abandonar o local onde se encontra, de acordo com as normas de evacuação.
   

Ementa  

Para consultar a ementa

ementa

   

Quem está online  

Temos 55 visitantes e Nenhum membro online

   

Entrar