Mobilidade Erasmus em Canelas – Projeto da Biblioteca Escolar

Enquadrado no projeto Erasmus da biblioteca escolar “School libraries promoting readers, values, literacies, skills and inclusion”, decorreu na EBS de Canelas de 6 a 10 de setembro o seu primeiro meeting – Short-term joint staff training events – Erasmus + KA229, integrando 6 professores oriundos da Polónia, Grécia e Itália a que se juntaram quatro docentes portugueses. Este primeiro encontro foi organizado para promover um intercâmbio e partilha de boas práticas entre os representantes destes quatro países. Analisaram-se questões como o papel das bibliotecas na educação e na formação dos jovens e a sua importância na escola para favorecer inúmeras literacias ou ainda as atividades de leitura e as boas práticas de literacia de leitura existentes em cada uma das escolas representadas. Ao longo da semana de trabalho teve ainda lugar um “worshop” sobre a Rede de Bibliotecas Escolares (RBE) e a organização das bibliotecas escolares no nosso país, dinamizado pela Coordenadora Interconcelhia das Bibliotecas Escolares de Gaia e Porto, Drª Maria João Castro, que teve oportunidade de apresentar as virtudes desta estrutura do ministério da educação português, lembrando, simultaneamente, as exigências e desafios profissionais que ela coloca aos professores bibliotecários e às bibliotecas escolares. Concluiu-se que o nosso sistema é o mais evoluído de entre os quatro países europeus a esse nível organizacional das bibliotecas, sendo que nos restantes países vigora ainda um sistema equivalente ao de Portugal em 1996, altura em que foi criada a RBE. Apenas na Polónia existem também professores bibliotecários, embora não trabalhando com o suporte que é prestado pela RBE, desconhecendo o sistema de avaliação das bibliotecas que vigora em Portugal.
Este projeto Erasmus tem ainda como propósito a fundação de uma biblioteca na escola grega de Creta e o apoio à transformação do espaço precário existente na biblioteca da escola italiana. Foram ainda definidas as datas para as próximas mobilidades e os livros sobre o Holocausto que serão apresentados aos alunos como propostas de leitura ao longo do período de vigência do projeto. Definiram-se também um conjunto de procedimentos associados à gestão do projeto e à sua implementação.
A parte cultural deste encontro Erasmus recaiu sobre as cidades de Gaia e Porto, destacando-se as visitas ao Solar Condes de Resende, à livraria Lello, Torre dos Clérigos, Palácio da Bolsa e Igreja de S. Francisco, entre outras áreas de interesse cultural das zonas históricas das duas cidades.
Assinale-se a enorme empatia e amizade que coexistiu ao longo da passada semana entre o grupo, o que aliás não podia ser de outra forma entre professores que comungam entre si a paixão pelos livros e pela leitura. Uma semana fantástica de evolução profissional e de conhecimento de outras culturas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *