Projeto Erasmus+ da biblioteca escolar: mobilidade a Creta

No âmbito do projeto Erasmus + “School libraries promoting readers, values, literacies, skills and inclusion” decorreu de 24 a 28 de outubro uma mobilidade a uma escola parceira de Creta, em Agios Nikolaos. Nesta mobilidade participaram dezasseis alunos de diferentes países: Portugal (5 alunos do 3º Ciclo), Polónia e Itália, a que se juntaram vários alunos da escola grega e que prestaram um apoio extraordinário a todos os alunos e muito contribuíram para um clima de grande amizade.

Importa referir que toda a mobilidade foi organizada com grande rigor e dedicação por parte da equipa Erasmus grega, a que se juntou toda uma permanente manifestação de uma sincera alegria e amizade em receber os seus convidados.

No primeiro dia, após a receção feita pela diretora da escola e coordenadora da escola, Marina Toutoudaki, e pelo Mayor de Agios NiKolaus, tivemos oportunidade de assistir a uma apresentação de música e dança tradicional de Creta no auditório.

Em seguida, dinamizaram-se atividades de conhecimento mútuo com o envolvimento de todos os alunos. Após a mesma, foi visionado um emotivo vídeo sobre o Holocausto e aplicado um quiz.

Tivemos ainda oportunidade de realizar uma visita guiada pelos alunos através da cidade Agios NiKolaus.

Ainda no decurso desta semana de intercâmbio e partilha de boas práticas, visitamos Elounda e a impressionante ilha de Spinalonga, considerada a “Auschwitz” de Creta, onde até 1957 eram abandonadas as pessoas com lepra; visitamos Knossos, cidade da antiga Creta, capital do lendário rei Minos, e o principal centro da Minoica, a mais antiga das civilizações do Egeu; a cidade de Heraklion e o museu de História e Folclore em Neapolis.

Nos últimos dias, decorreram os trabalhos de apresentação relacionados com o livro “A bag of marbles”, diversos e interessantíssimos workshops sobre esse livro e a cerimónia de entrega de certificados para os alunos e professores participantes nesta mobilidade.

Na sexta-feira, dia 28, feriado nacional, por ser a comemoração do dia de independência da Grécia, tivemos oportunidade de assistir aos desfiles eu se realizaram na cidade.

Por fim, no sábado foi o dia da despedida e da emoção, visível em alunos, pais e professores, que demonstraram dessa forma toda a extraordinária e inesquecível semana vivida em Agios Nikolaus.

 

Leitores que nos surpreendem!

Não é novidade que o tema central da biblioteca escolar é este ano o Holocausto. Não é novidade que este ano se evocam os 75 anos da libertação de Auschwitz e os 135 anos do nascimento de Aristides de Sousa Mendes. Há grandes planos e atividades, muitas vontades e parcerias nesta escola. O que nos dá um enorme fôlego e alegria como professores? Sem dúvida a capacidade que os alunos têm de nos surpreender. E assim foi numa aula de História. Sem qualquer pedido prévio do professor, a aluna Gabriela do 6º H, com um entusiasmo enorme, dirige-se a mim, com um livro nas mãos (e que belo é), e diz-me “Professor, estou a ler este livro, O Diário de Anne Frank. Estou a adorar! Esta rapariga escrevia mesmo muito bem! Foi a minha mãe que mo ofereceu (parabéns também à mãe). Rendido, só pude dar o meu assentimento face a esta interpelação (e enorme verdade e fé literária) de uma menina de 11 anos. Fiquei encantando e, vendo bem, ainda estamos no início dos cenários de leitura sobre este tema. Correu-me muito bem esse dia.

Fantástico, Gabriela! Boas leituras.

Parar para LER!

A semana de 11 a 15 de março é a Semana da Leitura! Para celebrar a leitura, o livro e o leitor, a Biblioteca Escolar promove a atividade “Parar para Ler” com a finalidade de festejar a leitura como ato comunicativo, diálogo entre as artes, as humanidades e as ciências, espaço de encontro, criativo e colaborativo.

A realização desta iniciativa foi recomendada a todas as escolas pelo Plano Nacional de Leitura e pretende-se que todo o Agrupamento de Escolas de Canelas pare, simbolicamente, para ler.

Esta atividade decorrerá da próxima 5ª feira, dia 14, no primeiro tempo da manhã, na Escola Secundária de Canelas, entre as 8:15h. e as 8: 30 horas, proporcionando um momento de leitura individual aos alunos, com base nos textos literários que encontrará na sala de aula, na respetiva secretária.

Agradecemos desde já a colaboração de todos neste enorme desígnio educativo que é a leitura.

Viva o livro e leitura!