LIVR’ À MÃO

A medida “LIVR’ À MÃO ” integra a ação “Escola a Ler” que aposta na leitura como estratégia de recuperação e consolidação de aprendizagens. Esta medida que está já em curso no nosso agrupamento, implementa a leitura silenciosa de um livro, revista ou jornal que o aluno traz sempre consigo, em momentos letivos autorizados pelo professor (sempre que exista um tempo livre na aula: final de tarefas/atividades/aula de substituição…). A leitura é fundamental para a aprendizagem e desenvolvimento de inúmeras competências, ganhando espaço na sala de aula e no processo educativo dos alunos.

Um agradecimento a todos os docentes pela colaboração e implementação desta medida, transformando momentos da aula em oportunidades de leitura. Ler é condição para o conhecimento.

This slideshow requires JavaScript.

Poetas andarilhos na biblioteca…e não só!

Rigorosamente organizados pelos elementos de Português da equipa da biblioteca do 3º Ciclo, após muitos ensaios e inquietações, mas também de muita alegria partilhada, os Poetas Andarilhos (Pedro, Lara, Sami, Rayssa, Anas, Franciscas, Joana, Luiza, Augusto e Inês) encheram a biblioteca com a sua presença colorida de vermelho, alusiva ao Natal, declamaram com meritória postura e qualidade declamatória, à volta dos livros da feira do livro, alguns pedaços de poesia de outros natais, fonte de inspiração de poetas da nossa terra.  As palavras e as mensagens poéticas encheram o espaço e correram pelas pautas, brincando com as notas musicais de um violino ainda tímido.

This slideshow requires JavaScript.

Texto adaptado da publicação do portal do agrupamento “Jantar do Natal de 2022”.

Evocando Saramago

No dia 7 de novembro, a Biblioteca da escola recebeu a aluna Leonor Gomes do 11ºC que fez uma apresentação aos seus colegas, também de 11º ano, sobre o livro Ensaio sobre a Cegueira de José Saramago, no âmbito da celebração do centenário do mesmo autor.

Nesta apresentação, a aluna falou-nos um pouco da vida de Saramago e das suas expectativas antes de ter lido Ensaio sobre a Cegueira (primeiro livro  que leu do autor). Além disso, ainda nos falou da história da obra, da sua opinião final sobre o livro e aquilo que este lhe transmitiu.

De seguida, foi mostrado aos alunos um pequeno trailer do filme baseado no livro apresentado pela aluna, para incentivar os mesmos a vê-lo. 

Foi assim que se celebrou na nossa escola o grande autor que elevou a língua portuguesa!

Muitos parabéns à Leonor pelo seu desempenho!

Encontro com a escritora Victoria Hislop

This slideshow requires JavaScript.

No dia 8 de novembro, a turma do 11.º C teve a oportunidade de entrevistar a escritora inglesa Victoria Hislop, em parceria com alunos gregos da escola secundária n.º 2 de Ágios Nikolaos, durante um encontro onlineque decorreu no pequeno auditório da nossa escola.

Durante esta entrevista, a autora começou por falar sobre a sua relação íntima com a Grécia, país onde sempre se sentiu compreendida e em casa. Em contrapartida, Victoria referiu que não se sentia do mesmo modo no seu país de origem (Inglaterra), já que lá são todos muito reservados e ela não se identifica, particularmente, com essa forma de estar. Assim, esta é uma das razões pelas quais Victoria se inspira tanto na Grécia para escrever os seus livros.

Posteriormente, a autora ainda falou sobre algumas das suas obras, entre as quais A Ilha Uma Noite de Agosto, e também sobre algumas das suas personagens, explicando como ocorria o seu processo de criação e posterior desenvolvimento.

No final da sessão, Victoria fez ainda questão de realçar que teria muito gosto em conhecer Portugal. Claro que seria um gosto recebê-la!

Leonor Gomes, n.º 14, 11.ºC

 

Somos “Escola a Ler”

Este projeto foi abraçado pelo Agrupamento de Escolas de Canelas e a sua implementação é da responsabilidade das duas bibliotecas do agrupamento, que encontram nos docentes extraordinários aliados nesta aposta na leitura no âmbito do Plano Plano Escola + 21|23. Esta ação visa trabalhar a leitura de forma sistemática, estruturada e diversificada e constituir uma rede colaborativa de trabalho e partilha, no âmbito desta medida.

Atividades a dinamizar no nosso agrupamento até 31 de julho de 2023,

1. As atividades a implementar são as que constam do Plano Escola+ 21|23, a saber:

1. Leitura orientada 
Realização de atividades que proporcionem o contacto dos alunos com livros que os motivem e estimulem a prática regular e continuada da leitura e da escrita: uma hora por dia no primeiro ciclo do ensino básico e uma hora por semana no segundo ciclo do ensino básico.

2. Projeto Pessoal de Leitura 
Desenvolvimento de projetos individuais de leitura que explicitem objetivos de leitura e impliquem o contacto com temas comuns em obras, em géneros e em manifestações artísticas diferentes (obras escolhidas em contrato de leitura com o(a) professor(a)).

3. Tempo para ler e pensar!
Leitura e exploração de livros, jornais, revistas e/ ou outros materiais de leitura na biblioteca escolar em articulação com docentes de diferentes áreas curriculares, com periodicidade e tempo estipulados (desejavelmente mensal, em cada turma).

4. Vou levar-te comigo!
Dinamização periódica de sessões de requisição domiciliária na biblioteca escolar, em articulação com os docentes da turma e com recurso a estratégias motivadoras.

5. Livr’ à mão
Leitura silenciosa de um livro que o aluno traz sempre consigo.
A atividade e respetiva seleção de livros é organizada pela biblioteca e desenvolve-se de forma articulada com o professor titular de turma/ professor de português, recorrendo ao livro do projeto “10 minutos a Ler”.

6. Equipas de leitura
Seleção de alunos com bom desempenho leitor, disponíveis para prestarem apoio aos alunos/ colegas na dinamização de sessões regulares de leitura.
Orientação das sessões e preparação das atividades de leitura pelo professor bibliotecário e/ou outros docentes.