Aristides de Sousa Mendes – trabalho multidisciplinar (DAC)

No âmbito da temática «Holocausto» e «Personalidades que marcaram a diferença» os alunos do 6ºA realizaram um trabalho multidisciplinar (DAC) cujo produto final é a apresentação em kamishibai e em rape da história de um herói português do século XX, Aristides de Sousa Mendes.

Este projeto contou com a colaboração das disciplinas de Português, HGP, Inglês, Ed. Visual e com a criatividade e empenho de todos os alunos da turma.

A biblioteca escolar agradece a colaboração destes docentes e respetivos alunos na abordagem do tema central dos seus projetos Erasmus, enaltecendo a sua originalidade e qualidade e que muito terá contribuído para o conhecimento desse grande herói humanista, Aristides de Sousa Mendes.

 

Aristides de Sousa Mendes presentation

Síntese, em inglês, da exposição oral subordinada ao tema O Holocausto – lembrar os 75 anos da libertação de Auschwitz e os 135 anos do nascimento de Aristides de Sousa Mendes, realizada na disciplina de português, na turma 8.º E.

Hello, my name is Dinis and I’m here to talk to you about Aristides de Sousa Mendes.

Aristides de Sousa Mendes was born in Cabanas de Viriato, county of Carregal do Sal, in Portugal on the 19th July 1885. In 1907 he moved to Lisbon, after concluding his degree in Law in the University of Coimbra.

In 1938, on the Eve of the beginning of World War II, Salazar appointed him as his consul in Bordeaux, France. And this is how the important history of Aristides de Sousa Mendes begins.

On July 1940, the consul met with Rabbi Kruger, who had escaped to a Nazi-occupied Poland. There, he said that he would have a talk with the Lisbon’s government, to withdraw the visa suspension order but they refused Aristides’s proposal.

So, Aristides made a decision when facing such injustice. He decided to issue visas without distinction of “race or religion”.

Also in July 1940, from 17 to 19, consul Aristides worked hard issuing visas with the help of his children.

However, Aristides’s heroic attitude resulted in severe punishments.

Aristides de Sousa Mendes may be an unknown name for ones but a very close one for others. A unique Portuguese historical figure, a human being with a very good heart, who saved many lives from a tragic end. A case in which, in my opinion, Portuguese history did not treat its heroes well.

Dinis Ribeiro Sousa (8.º E)

Biblioteca desenvolve projetos Erasmus sobre o Holocausto

A biblioteca escolar desenvolve dois projetos Erasmus no presente ano letivo com escolas e bibliotecas de outros países europeus, tendo como temática central o holocausto, precisamente no ano em que se recordam os 75 anos de libertação de Auschwitz e os 135 anos do nascimento de Aristides de Sousa Mendes. O primeiro projeto, coordenado por Portugal, intitulado “School libraries promoting readers, values, literacies, skills and inclusion”, é promovido em parceria com bibliotecas escolares de três países (Polónia, Grécia e Itália), integrando em todas as parcerias professores bibliotecários. O projeto tem um enfoque na temática do Holocausto e na leitura de obras juvenis associadas à temática, apostando no desenvolvimento de literacias e valores. Um dos seus objetivos é a fundação de uma biblioteca na escola grega parceira (em Creta), contando com a experiência e o suporte das restantes bibliotecas.
A biblioteca é parceira noutro projeto Erasmus, intitulado “Literacies at the service of integration and citizenship”, coordenado pela Eslováquia, em parceria igualmente com bibliotecas escolares e equipas das bibliotecas de quatro países (Espanha, Itália, França e Portugal). As literacias dos media e digital são o foco deste projeto, intimamente ligado à evocação dos 75 anos da libertação de Auschwitz e da figura de Anne Frank.

Estes projetos envolvem no nosso agrupamento não só a biblioteca escolar, como também diversas disciplinas, nomeadamente, Português, HGP, História, Filosofia, Inglês, Cidadania e Desenvolvimento, as turmas e os docentes do 4º ano e o Clube Erasmus. Através da atividade “10 minutos a ler” serão lidas cinco obras sobre o Holocausto em todas as turmas do 2º e 3º Ciclo: “O Diário de Anne Frank”, “O rapaz do pijama às riscas”, “Os meninos que enganavam os nazis” e “Um atelier de sonho””. No 4º ano, todas as turmas leem um livro biográfico sobre Anne Frank. Outras atividades, como um concurso de Banda Desenha sobre Anne Frank, na disciplina de Educação Visual e um concurso literário sobre Anne Frank e Aristides de Sousa Mendes, na disciplina de Português, serão desenvolvidas ao longo do ano letivo.

Pretende-se com estes projetos consciencializar os jovens para a tragédia humana que foi o Holocausto, educar para a multiculturalidade, capacitando os alunos para serem capazes de formar a sua opinião, fundamentada no conhecimento e no espírito crítico e não no preconceito, tornando-se cidadãos ativos e responsáveis.

Ambos os projetos terão uma duração de dois anos e possibilitarão a participação de cerca de trinta alunos nas mobilidades futuras aos países parceiros. 

Ilustração da autoria da prof.ª Rosário Sá